Sindcont-SP celebra seu centenário com homenagens e lançamento de seu livro

Publicado em 19/7/2019

Representando as Entidades Congraçadas, a presidente do CRCSP, Marcia Ruiz Alcazar, parabenizou o Sindcont-SP pelo centenário

A noite da última sexta-feira (19) foi de festa. O tão aguardado centenário do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Sindcont-SP) finalmente chegou e este momento festivo contou ainda com o lançamento do livro 100 anos do Sindcont-SP: A história do Brasil sob o olhar da Contabilidade.

Tal momento histórico contou com a presença e participação de colaboradores, apoiadores e representantes das demais Entidades Congraçadas do Estado de São Paulo.

A solenidade foi aberta pelo presidente do Sindicato, Antonio Eugenio Cecchinato. “Quero agradecer a presença e a honra de todos nessa celebração histórica de 100 anos do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo. Reconheço a proteção de Deus nessa caminhada e tenho certeza de que continuará nos protegendo e direcionando os nossos passos rumo ao novo centenário. Teremos aqui hoje uma noite de muita emoção, histórias marcantes e uma festividade que ficará guardada para sempre em nossas memórias”, salientou.

Representando os ex-presidentes do Sindicato, o contador Walter Arnaldo Andreoli homenageou todos os profissionais que fizeram parte da história da Entidade desde a sua fundação.

As Entidades Contábeis Congraçadas do Estado de São Paulo, por sua vez, foram representadas pela contadora Marcia Ruiz Alcazar, presidente do CRCSP. 

“É quase inacreditável que o Sindcont-SP completa 100 anos, tal é a jovialidade que esta instituição representa para a Contabilidade brasileira! Esta Entidade, pelo acolhimento e pela solidariedade às corporações profissionais contábeis que foram sendo formadas em seu entorno, significa para as lideranças contábeis e para os mais de 150 mil profissionais da contabilidade atualmente registrados no Estado de São Paulo um porto seguro de defesa dos profissionais e de valorização da profissão”, apontou Alcazar.

Contabilista Emérito 2019

Todos os anos, o Sindcont-SP confere a um profissional que, com seu trabalho e dedicação, prestaram reais e inestimáveis serviços ao Sindicato e à Classe Contábil, o título de Contabilista Emérito.

Neste ano, o homenageado foi Eduardo Augusto Rocha Pocetti, que foi apresentado por Antoninho Marmo Trevisan, Presidente da Trevisan Consultoria e Trevisan Editora Universitária, Auditor e Consultor de Empresas.

“Conheço o Pocetti há muitos anos. Posso dizer com a mais absoluta certeza de que esta é uma pessoa extraordinária e iluminada, não apenas no âmbito profissional, mas também pessoal. Isso o faz mais que merecedor desta honraria”, opinou Trevisan.

Após a entrega do título de Contabilista Emérito pelo presidente do Sindcont-SP, Pocetti agradeceu pelo reconhecimento.

“Hoje, ao ser agraciado com o título de Contabilista Emérito pelo Sindcont-SP, repasso mentalmente a minha carreira. São quase 40 anos de trabalho e de participação ativa em diversas entidades profissionais, que atuam para fortalecer a figura do Contador, tanto no Brasil quanto no Exterior.”

No encerramento do evento, o presidente do Sindcont-SP destacou a importância de cada um dos colegas de profissão que o antecederam. “Cada um no seu tempo e nas suas gestões contribuiu para escrever com maestria, a importância e o protagonismo que o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo tem hoje para a contabilidade em São Paulo e para o Brasil. Muito foram os desafios e as dificuldades, mas, a cada projeto, ação, serviço, sonho, empenho, oportunidade e pleito conquistado, nos fortaleciam cada vez mais para continuarmos o trabalho em um único objetivo: a valorização da contabilidade e o trabalho em prol da defesa dos interesses dessa categoria. São 100 anos e temos a certeza que essa Entidade vai perpetuar por mais dez décadas, aliás, por muitos mais, pois somos profissionais que trabalhamos incansavelmente para o desenvolvimento do país e das organizações”, apontou.

O evento ainda contou com a participação do vice-presidente Técnico do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Idésio Coelho, do professor Eliseu Martins, do deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar do Empreendedorismo e Combate à Guerra Fiscal, Itamar Borges (MDB), e da secretária de Direitos da Pessoa com Deficiência do Governo do Estado de São Paulo, Célia Leão. A vereadora Edir Sales, por sua vez, enviou uma placa homenageando a Entidade pelo seu centenário.

Mesa solene

A mesa solene foi composta pelo presidente do Sindcont-SP, Antonio Eugenio Cecchinato, pelos presidentes das gestões anteriores Walter Arnaldo Andreoli (1990-1992 e 1993-1995), José Maria Giaretta Camargo (1996-1998), Sergio Prado de Mello (1999-2001), José Heleno Mariano (2008-2010), Victor Domingos Galloro (2011-2013) e Jair Gomes de Araújo (2014-2016), pelo homenageado da noite, Eduardo Augusto Rocha Pocetti, pela presidente Marcia Ruiz Alcazar, pelo vice-presidente Técnico do CFC, Idésio Coelho, pelos presidentes da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon), Sergio Approbato Machado Junior, do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon) – Diretoria Nacional, Francisco Antonio Maldonado Sant’Anna, da Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo (Fecontesp), Manoel de Oliveira Maia, da Associação dos Peritos Judiciais do Estado de São Paulo (Apejesp), Paschoal Rizzi Naddeo, da Academia Paulista de Contabilidade (APC), Domingos Orestes Chiomento, do Instituto Paulista de Contabilidade (IPC), Gildo Freire de Araújo, pela vice-presidente Financeira do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo (Sescon-SP), Terezinha Anneia, pela secretária de Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, pelo deputado estadual Itamar Borges e pelo presidente da BDO, Raul Corrêa.

Os vice-presidentes do CRCSP de Administração e Finanças, José Donizete Valentina, de Fiscalização, Ética e Disciplina, José Aparecido Maion, de Desenvolvimento Profissional, João Carlos Castilho Garcia, e de Registro, Cibele Pereira Costa, também prestigiaram a solenidade em comemoração ao centenário do Sindcont-SP.

História

O Sindicato dos Contabilistas de São Paulo, que nasceu com a fundação do Instituto Paulista de Contabilidade (IPC), no dia 19 de julho de 1919, quando um grupo de onze jovens recém-formados reuniu-se para lutar pelos direitos da Classe Contábil, tendo como primeiro presidente o eminente Contabilista Francisco D’Áuria.

Era o nascimento da primeira entidade contábil do Estado de São Paulo e a segunda do Brasil.

Em 1951 formalizou-se o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo, fruto da união entre o Instituto Paulista de Contabilidade (IPC) e o Sindicato dos Contadores de São Paulo, que havia sido constituído oito anos antes, oriundo do próprio Instituto.

Ao longo de seus 100 anos, o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo consolidou uma história de lutas pela classe contábil e teve participação fundamental no nascimento de outras entidades relevantes, como o Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo e a Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo. Assim, podemos dizer que o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo foi fundamental para a Contabilidade e para a economia brasileira. É um trabalho memorável realizado dentro de toda tradição do Sindicato.

Fonte: Sindcont-SP – Katherine Coutinho.